top of page

Descubra as inúmeras oportunidades de carreira na dança

Você tem conhecimento de que no campo da dança, existem diversas opções de carreira além de se tornar um bailarino profissional?


De fato, esse é um universo repleto de possibilidades, abrangendo diferentes setores que contam com poucos profissionais e uma oportunidade de lucratividade significativa. Se você ou seu filho têm o sonho de trabalhar nessa área, é interessante explorar as diferentes opções disponíveis.


A primeira opção que vem à mente é a de se tornar um bailarino, mas como exatamente os bailarinos ganham dinheiro? Eles podem integrar uma companhia profissional, onde recebem um salário mensal. Infelizmente, no Brasil, são poucas as companhias que conseguem se manter financeiramente e pagar regularmente seus bailarinos, mas no exterior, as oportunidades são vastas. Além disso, bailarinos podem trabalhar de forma independente, recebendo cachê por espetáculos. Normalmente, eles passam por audições e trabalham por temporadas com as produções, o que é mais comum no Brasil em companhias menores e em produções como musicais e shows. Outra opção bastante procurada é fazer parte dos elencos de shows em cruzeiros. Os salários geralmente são excelentes, pagos em dólar ou euro, e não há custos com alimentação e hospedagem.


No entanto, existem várias outras opções em que a dança está envolvida, mas não é o foco principal. Essas opções incluem ser professor, coreógrafo, ensaiador e remontador, onde há um contato direto com bailarinos dentro da sala de aula. Além disso, há outras áreas relacionadas que exigem diferentes habilidades, como figurinista, cenógrafo e iluminador. Além disso, há uma grande escassez de profissionais em áreas como produção especializada em dança, gestão de espaços culturais voltados para a dança, captação de patrocínio para a dança, curadoria de dança, pesquisa e história especializadas em dança, crítica, fisioterapia ou ortopedia especializadas em bailarinos, nutricionista e dançaterapia.


Uma outra opção interessante é empreender na área da dança, criando sua própria marca de roupas ou abrindo uma escola de dança. Enfim, as possibilidades são numerosas.


Como você pode perceber, o leque de oportunidades é vasto. A dança vai muito além de simplesmente executar uma coreografia, oferecendo uma ampla gama de oportunidades para as próximas gerações explorarem e se desenvolverem.

79 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Opmerkingen


bottom of page